As moscas na janela

Em março de 2015, eu escrevi: "Tem dias que sei exatamente quem eu sou e o que estou fazendo com a minha vida, assim como tem dias que eu não vejo o menor sentido no que faço. Quando esses lances de ‘encontrar sentido’ viram para o lado do meu blog, sempre tenho que arranjar uma maneira de voltar a me sentir parte dele. Para isso, às vezes troco o layout, às vezes reformo os marcadores, às vezes deixo de lado vários temas sobre os quais eu costumava escrever e passo a abordar outros. Eu me viro."

O “me viro” de então foi trocar o nome desta página de Jeito Único para O Único Jeito, e funcionou bem por um tempo. Por um tempo, por mais de um ano, eu voltei a me sentir parte daqui.

Nos últimos meses, contudo, o sentimento de não pertencimento voltou com força. É difícil explicar... Acho que comecei a me sentir presa a alguns modelos que eu mesma criei, o que estava afetando seriamente a minha escrita. Os bloqueios criativos foram muitos... O nome também... Qual é o significado de O Único Jeito, afinal? Só o trocadilho que o motivou o sustentava, mas, para quem não tinha conhecimento dele, talvez O Único Jeito soasse apenas como alguma coisa sem outra saída, sem outra possibilidade. Não sei se gosto dessa ideia. Ainda mais em um blog essencialmente literário. A literatura deve oferecer possibilidades, não? Ela, por si só, já é uma.

Não vou me estender em motivos e explicações; isso não é necessário quando fica claro que o que eu precisava, realmente, era de mudança; outra vez.

As moscas na janela veio como inspiração de um dos que eu considero os meus melhores poemas, e ganhou um novo simbolismo a partir de um conto que escrevi recentemente (ambos aqui). Consigo achar mil metáforas para “moscas na janela”, aliás. Artigos sobre o porquê de elas se debaterem contra o vidro fechado suscitam várias...

Enfim, para quem gostava de me acompanhar por aqui, fica o convite para me acompanhar por lá! As diferenças não serão tantas, talvez nem sejam perceptíveis, e aos poucos vou resgatar alguns posts d'O Único Jeito para lá. A ideia é que seja um blog bem artístico, inspirador e no qual eu possa fazer várias experimentações literárias. Prometo que vai ser bacana!


AS MOSCAS NA JANELA
(www.asmoscasnajanela.com)

4 comentários:

  1. Se ou mudamos ou emudecemos, mudemos ou emudeçamos.
    GK

    ResponderExcluir
  2. Oi Lari! Saudades de você e daqui! Admiro sua iniciativa de mudar em busca de identificação, mesmo que transitória, e se "O Único Jeito" funcionou por esse tempo, certamente sua nova mudança te trará novas inspirações e fôlego para escrever. Lógico, que continuarei te acompanhando ;-)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vitor! Saudades também!

      Continue sim, sempre! Tê-lo como leitor é sempre um prazer imenso.


      Abraços!

      Excluir