Através dos outonos

Venho sentindo uma gratidão imensa pelo fato de estar vivendo a vida que eu gostaria de ter com minha idade. Não se trata de realização completa de sonhos — ainda que eu tenha realizado muitos deles — ou de ausência de fracassos e decepções; é uma questão de reconhecimento mesmo. De pensar que minhas preces, meus esforços e o passar do tempo surtiram efeito, e que vários dos receios que quase me deixaram louca dois, três anos atrás agora não são mais do que lembranças tênues.

Dizer que o futuro não me atormenta nem um pouco seria uma mentira; o que mudou é minha relação com o presente: as coisas estão indo bem. As coisas estão indo bem, em parte, porque quero que estejam. É aqui que eu vivo, é agora. Toda a minha existência é agora. Se sinto que algo está querendo desmoronar, falo firme comigo mesma: “Calma, você consegue. Vamos lá, não vai se abalar com isso”. Aí é engolir o choro e assentir com a cabeça, tal como uma criança obediente. Depois sorrir. Depois seguir.

Às vezes eu me dou trabalho, mas acho que aprendi a cuidar de mim.

32 comentários:

  1. Se o tolo foge da dor, sabe o sábio que a pode transpor.
    GK

    ResponderExcluir
  2. Que declaração maravilhosa à vida. Não me surpreende descobrir toda essa beleza sobre gratidão, que se aninha em ti.
    Te saúdo com grande alegria e um muito grato por este teu momento.
    Muitas alegrias todos os dias ou quase todos, pra não ficar alegre demais.
    Beijo a minha alegria em tuas mãos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito, muito obrigada, Ney! Desejo o mesmo e mais a você!

      Tenha uma semana maravilhosa :)

      Excluir
  3. "Calma, você consegue.Vamos lá, não vai se abalar com isso" é tudo que eu precisa ouvir/ler <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que ajudei de alguma forma, então :)

      Excluir
  4. que coisa linda, me dá esperanças de também ter um futuro em que eu me sinta grata pelo modo que viverei.

    Com amor,
    Bruna Morgan

    ResponderExcluir
  5. Me identifiquei tanto com esse post... <3 Também estou aproveitando muito mais o presente. Minha vida não está como eu imaginei que estaria, seguiu um rumo que eu não esperava, mas está bastante agradável e mesmo que não está, aprendi que é bem melhor agradecer do que reclamar o tempo todo. Ler isso me fez lembrar de um trecho do livro "Todo Dia" que diz: "Se tem uma coisa que aprendi, é isso: todos nós queremos que tudo fique bem. Nem mesmo desejamos que as coisas sejam fantásticas, maravilhosas ou extraordinárias. Satisfeitos, aceitamos o bem, porque, na maior parte do tempo, bem é o suficiente." Isso é tão real. <3

    Fotos incríveis como sempre! Boa semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Trecho ótimo, e sincero. Acho que se a gente fica esperando sempre o extraordinário, acaba perdendo o foco do que é realmente importante na vida, e que se esconde em cada agora.

      Obrigada, Guttho! Para você também <3 <3

      Excluir
  6. Miss Larissa, suas palavras tocaram o meu coração. Eu gostei muito da maneira que você escreve, parabéns!
    Beijos açucarados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Bruna ♥

      Beijos e uma semana linda para você!

      Excluir
  7. Lari,

    Primeiro, respondendo ao teu comentário: moramos em todas as nossas idades, é muito bom ser plenamente feliz em cada uma delas. Quando a gente descobre a felicidade em nós mesmas, ela vem na bagagem. Eu amo quem fui em cada uma das minhas fases, e na minha peneira, só o que trago é história feliz. Porque escolhi assim.

    Te digo ainda o seguinte: não estamos nunca preparados. E nem nunca estaremos. O mistério do que chega é o que faz ter graça quando chega. E eu, particularmente, prefiro assim.

    Sobre o teu post de hoje, é um pouco isso também, né? Quando nos entendemos, é muito mais fácil ser. E você é, de um jeito muito bonito.

    As imagens... Ah! Um casamento de tudo o que nasce e brota. Assim como nós todos.

    Um beijo grande.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com tudo que você colocou de forma tão sábia, Jaya. Às vezes me esqueço, mas concordo. (Vou voltar e ler seu comentário sempre que sentir que estou me esquecendo outra vez.)

      Muito obrigada! Mesmo ♥

      Beijos!

      Excluir
  8. Lari, essa sensação plena de estar no aqui e agora, também venho vivendo. Comentei com uma amiga, ontem, que eu, que sempre fiz planos demais, não via nada muito de futuro. Ando mais focada no 'hoje' no que no amanhã, sabe? Meus planos são momentâneos, coisa de 'o que preciso entregar essa semana?'. E só. Também me dou trabalho, mas aprendi a conviver. Sei das pausas e dos medos, sabe?

    Você sempre leve e doce aqui. ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que é bom que foquemos no hoje. É só o hoje que existe, né? Apesar dos medos, apesar de tudo. Na minha vida, há muito mais de bom do que de ruim, e acho importante ser grata por isso.

      Obrigada, Mafê ♥ ♥

      Excluir
  9. Oie amore ... quero te convidar a conhecer o meu blog ... (Um Café ) ... se desejar me seguir ficarei muito feliz ... obrigado pelo carinho ... bjus da Nana

    ResponderExcluir
  10. Meu deus que fotos mais encantadoras!
    Amei muito a segunda, deu uma vontade enorme de ler um livro nessa sombra. haha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Estephanie <3

      Não tinha pensado nisso. Super verdade. Pena que, atualmente, há uma plantação enorme nesse campo e, em consequência, cantinho nenhum para ler um livro, haha!

      Excluir
  11. Suas palavras são sempre tão belas! E se encaixaram tanto com o que tenho enfrentado no meu cotidiano que o que mais quero mesmo é te agradecer.

    Estou começando a estudar pra valer esse ano e quase sempre que penso na possibilidade de não dar certo ou de não dar tempo de estudar, revisar, fazer exercícios e revisar de novo (esse ciclo maluco de sempre) todos os conteúdos de três anos eu praticamente surto. Surto de verdade: fico com medo, pensando que não vai dar certo e que não tenho tempo suficiente... Ideias me aterrorizam a todo momento. Mas aí eu tenho que continuar, porque se eu ficar remoendo essas incertezas é aí que não vai dar certo mesmo.

    Falei tudo isso para você entender mesmo porque suas palavras — sempre tão belas, diga-se de passagem — tiveram grande peso pra mim. Cada atitude nossa tem um respingo no futuro e às vezes é preciso ter um pouco mais de disciplina hoje para colher os frutos amanhã. Ficar extremamente focado no que está por vir ou no que já passou também não da certo, mas o tempo futuro acaba sendo uma boa motivação quando a gente está tendo esse tipo de crise.

    Enfim Lari, enfim... Gratidão é uma palavra que por vezes cai em desuso, mas deveríamos adotá-la com mais rigor durante todos os dias de nossas vidas. Obrigada pelas palavras, de verdade! ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seu comentário me deixou tão feliz! Obrigada por me deixar saber que minhas palavras te fizeram bem ♥

      Essa fase pela qual você está passando... Sei como é. A pressão vem de todos os cantos, inclusive de dentro da gente e principalmente do tempo que não dá trégua. Engraçado é que estudar é sempre a última coisa que queremos fazer, apesar da necessidade. Bate um desespero? Bate. Mas, no fim, passa. A gente sobrevive.

      Espero, de verdade, que você alcance todos os seus objetivos, mas não se esqueça de que, mesmo que isso não role neste ano, sempre há outras oportunidades. É importante nos lembrarmos desse detalhe para que a cobrança não vire culpa, e não temos que sentir culpa quando sabemos que houve esforço. Pense que vai ficar tudo bem, de qualquer maneira. Pense que vai ficar tudo bem porque está tudo bem, e se esforce para que esteja mesmo. Aproveite seus momentos de estudo, mas descanse e se descontraia também. Há muita vida no presente; toda uma vida, aliás :)

      Te desejo, mais uma vez, sucesso total com suas escolhas e objetivos! E te agradeço muito mesmo ♥

      Excluir
  12. Feliz aniversário!
    Muitas alegrias, saúde, imagens e poesia.
    Saudações e um grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito, muito obrigada, Ney ♥

      Um grande abraço para você também!

      Excluir
  13. Desde do ano passado tenho sentindo essa mesma coisa.
    A forma de como vc escreveu, parecia eu escrevendo.
    Apesar de muito estresse e sentimentos de angústia ( como vc mesma disse), as coisas tem ido bem. Estou onde queria estar. Mas ralei muito. Já chorei horrores. Quis voltar vaaaarias vezes e a ansiedade... nossa. Ela fica do meu lado esquerdo, as vezes consigo afastar, mas ela está aqui. As vezes atrapalha, mas só as vezes.

    Adorei
    http://minhaformadeexpressao.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bem assim, Nathalia... Bem assim!

      Fico feliz que tenha gostado <3

      Beijos!

      Excluir
  14. Owwnt, Lari. Acho que eu não poderia ter tido a oportunidade de ler esta postagem em momento mais oportuno. Era exatamente o que eu precisava ler. Costumo/costumava ser assim, mas ultimamente tenho levado as coisas com um certo tom de drama maior do que o normal. E isso não é bom. Bom mesmo é levante a cabeça e dizer que consegue! ♥ Obrigado.

    ACESSO PERMITIDO. ♥
    www.acessopermitido.com

    ResponderExcluir
  15. Andei lendo um livro esses dias e nele dizia que "quando nos concentramos em agradecer pelo que temos hoje, tudo começa a andar com mais facilidade e abrindo caminhos positivos com relação ao futuro". Essa realização pessoal é algo que não dá pra explicar, mas dá pra sentir. Ser grato pelo que temos é o segredo para uma vida mais feliz em todos os sentidos.
    ~beijinhos~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com o trecho, concordo contigo. Gratidão é algo tão bom!

      Beijos e uma semana linda para você!

      Excluir
  16. Você já pegou a essência do que é viver. Agora, é partir para o abraço. Coisas boas ainda estão por vir. Você vai se surpreender a cada dia (assim desejo)! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assim desejo também, Wal! Obrigada por toda a positividade ❤ Tudo de mais lindo para ti!

      Excluir