Falatório aleatório: anjos de sinceridade questionável


Meu cérebro tem um senso de absurdidade sobre o qual não tenho muito controle. 

Quando revisitei o Cemitério de Nossa Senhora do Carmo aqui em São João del-Rei e vi esses anjos esculpidos com os indicadores apontados para cima, deu-me uma vontade meio louca de destampar a rir. Sei lá quais foram minhas associações mentais para tal... Jogadores de futebol que acabaram de fazer um gol? Um show no qual milhares de pessoas balançam cabeças e mãos erguidas no mesmo ritmo da música? Não sei. 


O pior é que, ao “voltar à realidade” e me dar conta da simbologia cristã no gesto das estátuas, os pensamentos insanos continuaram... Fiquei imaginando: esses anjos estão apontando para o céu porque os túmulos que vigiam contêm pessoas que, supostamente, foram boas e devem ir para o céu? Mas e se os parentes dos mortos resolvessem pagar por esculturas mais sinceras? Tipo, esculturas cujos indicadores realmente indicassem rumos correspondentes ao que os defuntos foram em vida? Quantos anjos com os dedinhos apontados para baixo — "Ó! Aqui, ó! O inferno é nessa direção aqui!" — teríamos? Hmm? Hmm???

19 comentários:

  1. Olá, Larissa, como você está?
    Que interessante esses anjos e bela reflexão, fica aí a questão desses dedinhos apontando pra cima haha
    Por que tudo é tão lindo em São João del-Rei? Ai, obrigada pelas lindas imagens!

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tô bem, K.! E você?

      Acredite em mim, nem tudo é lindo por aqui, hahaha! Mas claro que levei em consideração o fato de ser uma cidade histórica (♥) cheia de memórias, detalhes, belezas e cultura quando decidi fazer faculdade aqui :)

      De nada, môre! Beijos!

      Excluir
    2. Oi! Estou bem também, obrigada! ;)
      Pelo o que você registra por aqui, essa cidade deve ser um poço de inspiração!

      Beijos!

      Excluir
  2. Tu tens algo de sacrílega e angelical, e cabem em ti o nome de denominadora de estrelas e de posses terrestres como teu nome,tua condição de colecionadora de imagens é tua essência como arte, e tu sabes captar a condição que é humana; entre o sentir e acreditar ...
    Bonsoir.

    ResponderExcluir
  3. Nada, vide o caso da religião, instiga mais do que a morte a imaginação.
    GK

    ResponderExcluir
  4. Larissa, que post insano hahahhaha, eu ri horrores das tuas reflexões kkk
    As fotos ficaram uma graça!
    Fiquei imaginando as pessoas observando você rir num cemitério! kk

    ResponderExcluir
  5. Oi, Larissa.
    Pensamentos curiosos pra se ter num cemitério haha' Ás vezes também paro pra pensar em coisas do tipo e faço analogias e comparações estranhas.
    As fotos lindas como sempre.

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Isadora!

      Acredite, meus pensamentos são sempre meio peculiares... Pelo menos isso me diverte, hehehe!

      Muito obrigada <3

      Beijos!

      Excluir
  6. Olá Larissa! Tubo bom? SOCORRO GENTE KKKKK. Seu senso de humor é maravilhoso,eu achei engraçado sério. Acho que pensaria o mesmo sobre os anjos asfbdshga. Suas fotografias são bem exóticas e lembra muito anos de mil novecentos e bolinhas sabe? As imagens estão lindas,quem dera ter algo assim aqui. Por aqui é bem basicão,não tem nada que impressiona até é frustrante.
    Beijos.
    | reckless |

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luccas! Tô bem, e você?

      Hahaha' muito obrigada! E assim, te entendo: alguns lugares não são mesmo muito inspiradores em termos de fotografia...

      Beijos <3

      Excluir
  7. Que modo peculiar de se sentir dentro de um cemitério, rs. Beijos, Larissa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Fábio... Fazer o quê, com esses meus pensamentos estranhos?

      Beijos!

      Excluir
  8. Que morbido, jeito peculiar de se expressar. Não me entenda mal isso é algo bom. Os vivos precisam das "mentiras" dos anjos pra continuarem vivendo em paz.

    Um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, concordo com você! Mas penso também que, em alguns casos, há hipocrisia: eu soube, por exemplo, que quanto mais altas estiverem essas estátuas, mais rica é a família do morto. Há dessas coisas por aqui... Há dessas coisas em todo lugar. Alguns sentimentos são sinceros, mas outros...

      Um abraço pra você também <3

      Excluir
  9. E se o inferno já for aqui? Adorei esse post, Laro, as vezes também tenho uns pensamentos semelhantes, de questionamentos, acaba sendo divertido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha, é bem divertido mesmo! E, às vezes, leva a umas reflexões mais úteis ;)

      Excluir