"Oh Polly, dear Polly"


O termo folk music faz referência a um tipo de música que nasce de um povoado e é passado, oralmente, de geração para geração. Naturalmente, suas letras têm uma relação estreita com os valores morais, culturais e religiosos do local a que pertencem, e, não raramente, devido à tradição oral, podem acabar mudando ao longo dos anos.

Um subgênero interessante no folk é o que abrange as murder ballads, canções que, como o título em inglês explicita, possuem o assassinato como tema. A narração pode conter tanto o ponto de vista da vítima ou do criminoso quanto uma visão neutra sobre o ocorrido. Pode conter o fantasma da pessoa assassinada numa busca por vingança. E, em geral, contém o assassino, de alguma forma, pagando por seus crimes no final.

Um exemplo de murder ballad é Pretty Polly, que compreende versões mais associadas à América do Norte da canção europeia The Gosport Tragedy (com origem no século XVIII). Trata-se de uma história em que Polly, a bonita Polly do título, é atraída até uma floresta por seu noivo e, lá, é assassinada e enterrada por ele, que foge em seguida. Um retrato claro de violência contra a mulher, ainda mais se interpretarmos alguns versos como uma possibilidade de abuso sexual anterior ao assassinato.

Willie (o noivo), ao menos, acaba por arcar com as consequências da sua hediondez: é condenado pelos homens e, segundo sua crença religiosa, sabe que um inferno o espera também.



O videoclipe acima foi encontrado, por acaso, numa das minhas visitas ao Youtube. Depois de me apaixonar por Pretty Polly na versão da banda Vandaveer, resolvi que a música seria uma ótima matéria para um trabalho de inglês que eu estava por fazer. Uma pena que, por uma questão de tempo e comodidade, minhas pesquisas acabaram se resumindo ao Wikipédia. Não fosse isso, eu falaria mais, e com mais segurança, sobre o assunto.

Abaixo, os links que me ajudaram na construção do texto:

♥ Murder ballad
♥ Pretty Polly (ballad)

18 comentários:

  1. Gosto muito de musica folk, e ficar sabendo mais sobre o assunto nunca é demais. Adorei o post.

    Um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Música folk é maravilhosa ♥

      Um abraço para você também, NNT!

      Excluir
  2. Ah gente, que música, que vídeo, assim que ouvi a voz dele eu fiquei doida pra ouvir o resto da música.
    Gostei do teu post, instrutivo e muito bem escrito, eu não fazia ideia do que era folk, já ouvi falar, provavelmente até ouço músicas do gênero, mas não conhecia a definição.

    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado do post (e que ele tenha sido útil, de alguma forma), Fernanda!

      Quanto ao vídeo, tudo me atraiu: a parte instrumental, as vozes dos cantores tão bem combinadas, a "atmosfera" das cenas... Amei e quis compartilhar aqui.

      Outro beijo pra você ♥

      Excluir
  3. Oi, Lari, tudo bem? Espero que sim!
    Que florezinhas mais lindas, só alguém com olhos muito sensíveis para captar essas belezas. E que incrível seu texto de hoje, nunca tinha ouvido falar desse subgênero e adorei saber mais sobre!

    p.s.: vi há tempinho que atualizou na página "sobre" que está cursando Letras... você faz habilitação única ou dupla? pensei na possibilidade de esse post ter surgido através de algum trabalho de inglês, sim, mas da faculdade. a informação procede?

    beijos ♡♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, K.! Estou bem sim, obrigada! E você?

      Conheci o subgênero das "murder ballads" há pouco tempo também, mas ainda preciso conhecer mais canções do tipo... Simplesmente adorei esse estilo!

      Ah, e agradeço muito pelos seus elogios, tão inspiradores e incentivadores ♥

      Sim, a informação procede! O que acontece é que, no meu curso, temos um ciclo básico, com duração de três semestres, no qual temos matérias introdutórias tanto de inglês como de português. (No caso, como estou no segundo semestre, estou nesse ciclo.) Depois dele, o aluno pode fazer ambos os tipos de habilitação. Eu me atraio mais pela habilitação única em português, porque, segundo alguns veteranos me disseram, fazer as duas não vale a pena num curso como o nosso, que é apenas noturno (sem falar que várias matérias podem coincidir nos horários, e a gente pode ficar perdido com a carga horária total... dizem que fica complicado).

      Se, mais para frente, eu resolver me formar também no inglês, penso em fazer isso após terminar essa primeira formação. O legal é que eu ficaria 4 anos para formar em português e, apenas com mais um, formaria em inglês também!

      Mas ainda estou avaliando essas possibilidades...

      De qualquer forma, se meu inglês estiver melhorzinho nos próximos anos, pretendo puxar umas matérias nele sim (literatura, principalmente), ainda que não seja meu foco. Acho válido abraçar as oportunidades todas, haha!

      Enfim, não sei se deu para entender, mas qualquer coisa eu te mando um e-mail depois :)

      Você faz Letras também, né? Me conta sobre, se puder/quiser! Por aqui ou, se preferir, em: jeitounico@yahoo.com.br

      Beijos e um resto de semana bem lindo pra você!

      Excluir
    2. Oi, estou bem sim, obrigada por perguntar!

      Primeiramente, desculpa a demora.
      Então, aqui onde eu estudo é diferente e você tem que escolher já na inscrição para o vestibular o que pretende fazer. São 4 opções: Letras com habilitação única em Português (licenciatura) e em Inglês (licenciatura/bacharelado); e Letras com habilitação dupla em Português/Inglês (licenciatura) e Português/Francês (licenciatura). Como trabalho durante o dia, teria que escolher algum curso no período noturno, no caso, os de habilitação dupla... E como não sei n-a-d-a de francês, achei que me daria bem com o inglês e aqui estou seguindo haha

      O problema da habilitação dupla são as cargas horárias das disciplinas... Muitas das disciplinas que tenho semestrais são anuais para quem faz a única e, às vezes, um semestre é pouco dependendo da disciplina (por exemplo, morfossintaxe, ai meu coração, muito difícil para mim haha) e não é o suficiente!

      Aproveite o máximo que puder, se eu tivesse tempo eu puxaria várias matérias... Já estou até acabando o curso, faltam três semestres e acabaria no ano que vem (estou enfrentando greve pela segunda vez e o calendário, que já está atrasado, é imprevisível por enquanto)! Na minha grade curricular há três disciplinas voltadas à literatura: narrativa, drama e poesia. Tenho estudado narrativa este ano e gosto bastante, você com certeza amaria, Larissa!

      Ah e você escreve muito bem e foi bem clara, entendi tudo perfeitamente, mas qualquer coisa pode entrar em contato caso surjam dúvidas quanto a minha tentativa de explicação haha

      Beijos e tenha um bom fim de semana!

      Excluir
    3. Sua explicação foi ótima! Obrigada!

      A greve, para mim, também é praticamente certa. A reitoria daqui já foi ocupada e, na segunda-feira, meu curso fará uma reunião para determinar (ou não) uma greve estudantil; a dos professores será decidida no dia seguinte, se não me engano.

      Desejo-lhe sucesso nessa reta final! E agradeço pelo conselho: tentarei, sim, aproveitar as oportunidades.

      p.s.: narrativa é mesmo uma delícia... Neste semestre, em literatura, estamos vendo narrativas modernas. No semestre passado, tivemos uma introdução de lírica, épica e drama.

      Obrigada por suas visitas sempre maravilhosas ♥

      Excluir
    4. Triste, né, falar em greve. Ela, que deveria ser o último recurso, acaba sendo o único... A educação em geral está um caos aqui. Ah, esqueci de falar que as três disciplinas de literatura são de língua inglesa ;)

      beijos e obrigada pelas boas palavras! ♡
      (e desculpa por fazer um chat na sua postagem haha)

      Excluir
    5. Triste mesmo... Mas... fazer o quê? Nosso "querido" governo não colabora; só piora.

      Sem problemas, haha! Beijos, K.!

      Excluir
  4. Respostas
    1. Haha! Sim! Meu trabalho, no fim das contas, acabou virando para esse lado: essa música, ainda mais com essa banda e com esse videoclipe, é, na minha opinião, pura arte.

      Excluir
  5. Meu deus, que música e clipe lindos! Eu amo música folk, creio que é meu gênero musical favorito. Que feliz de encontrar essa música na minha visita por aqui, adorei mesmo e espero que compartilhe mais músicas desse tipo que gosta!



    theconstellation23.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode deixar, Fernanda!

      Beijos e um fim de semana maravilhoso para você!

      Excluir
  6. Oi!
    Folk é um estilo musical tão gostoso de ouvir e que ás vezes é tão profundo. Como não gostar?
    Adorei conhecer um pouco mais, e essa música <3

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Como não gostar?"

      Realmente, não sei, haha. Eu adoro!

      Beijos :)

      Excluir
  7. Heloow. Eu não tinha todo esse conhecimento sobre a música folk, e simplesmente adorei. Adorei o post. É ótimo conhecer algo novo. A música é muito gostosa de se ouvir, e gostei ainda mais por ser meio que um diálogo. ♥

    ACESSO PERMITIDO. ♥
    www.acessopermitido.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Elcimar!

      Conhecer algo novo é sempre maravilhoso, e fico feliz que tenha gostado do que conheceu por aqui :)

      Excluir