Através


Faltam-lhe beleza e modos
mas seus olhos,
quando me atravessam a alma,
lembram-me de que somos tão parecidos
quanto parece
e tão diferentes
quanto convém
E sua beleza torna-se mais bela do que a dos outros
e os modos dos outros é que me parecem torpes

Amor, patético amor...
Lavagem cerebral

8 comentários:

  1. Meu Deus! Tu me mostra o mundo nesse teus versos. Tu resume poemas e letras de musicas - muitos e muitas,em onze linhas. E com todo o respeito que tu mereces, eu te amo por esse sol entre as folhas.
    Beijo tuas mãos com alegria.
    Uma boa semana.

    ResponderExcluir
  2. Ninguém é perfeito, exceto, para quem ama, o ser amado.
    GK

    ResponderExcluir
  3. acho incrível como sempre me identifico com suas palavras! Seus versos tem uma sensibilidade impressionante!

    ResponderExcluir
  4. E realmente é assim. Lavagem cerebral completa. Mas quem seríamos nós se não tivéssemos nossos cérebros, donos?

    Lari, eu to usando o Mobile no momento. Kkkkkkk, e o seu blog tá Lindão no Mobile. Como você fez isso? Kkkkkkk, o AP é muito estranho no Mobile.

    www.acessopermitido.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, eu não sei como eu fiz isso... kkkkk! Só sei que nas configurações de "Modelo", no Blogger, a versão para celular está no modo "personalizar" (mas eu mesma não personalizei nada, kkk).

      Excluir
  5. Quanta doçura ♥
    Não tenho nem o que dizer, sou suspeita pra falar sobre versos de amor.
    Beijos!

    ResponderExcluir