Ápice


Posto que o coração não se cala
A boca mesmo se atrapalha
E balbucia, tenta, peleja...
Nenhuma palavra
Ele todo sem palavras
Ele todo só presente
Suar e sentir
Ela toda só presente
Sorrir e agir...

Segurou-lhe o rosto e o beijou.

14 comentários:

  1. Os seus versos fecharam com chave de ouro o meu domingo <3
    Boa semana para você Lari!
    http://viagem-a-terra-do-nunca.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Deve muito ao risco nele inerente no primeiro beijo a magia presente.
    GK

    ResponderExcluir
  3. Barcos que navegam entre o caos e a calmaria, mas há sempre um porto onde se ancorar.

    Belo texto! Remeteu a mim toda uma imagem, um contexto. Fez-me vivê-lo.

    ResponderExcluir
  4. Perfeito! A boca de um na boa de outro no instante de um beijo. Ótima! Muito lindo!

    ResponderExcluir
  5. Fez-me recordar um momento especial da minha vida.
    Suas palavras fortes e delicadas me encantam cada vez mais.

    Beijos, Larissa.

    ResponderExcluir
  6. Botando os pontos nos i´s. Desenhando as paixões em verde e branco, tudo certo, tudo pronto, tudo é atitude, isso é lindo.
    Saudações!

    ResponderExcluir
  7. Que blog mais lindo. Estou apaixonada!

    ResponderExcluir
  8. o segundo que antecede o beijo! que delícia! ♥

    ResponderExcluir
  9. Que coisa linda <3 Gosto muito do que você escreve :3

    ResponderExcluir
  10. Um momento singelo e encantador em poucas palavras. Lindo!

    ResponderExcluir
  11. Aaaa como eu queria ter essa atitude, só fico no suar e sentir kk

    ResponderExcluir
  12. Que fofinho, Jesuis, go girl!!! Ai, gosh, ler esse tipo de texto faz com que eu me sinta uma pedra desprovida de sentimentos amorosos.
    Obrigada, Larissa, muito obrigada kkkkkkkk

    ResponderExcluir