Sobressalto


O velho sentimento fora dado como morto às 13:45h, numa fria e nublada quarta-feira. Ela não chorou sua ida; na verdade, deu-se por aliviada. Não mais depositaria nele esperanças inúteis, nem perderia tempo com quaisquer devaneios bobos e sonhadores que o envolvessem. Passaria a enxergar a si, apenas a si, unicamente a si. Sorriu com as possibilidades que a oportunidade lhe descortinava. Aprumou o corpo e saiu, satisfeitíssima.

Três passos para fora da casa, contudo, e a surpresa: vinha-lhe, ressuscitado, o sentimento que enterrara havia pouco; vinha nos olhos do rapaz. Com o susto recuou os três passos que dera, o coração parecendo querer saltar por sua boca e ver de perto o fantasma que a assustava.

O rapaz não entendeu nada. Ela, menos ainda, tornando a entrar em casa e trancando a porta. Desejou que a chave pudesse dar quatro ou cinco voltas, ao invés de duas só. Sentia os próprios olhos arregalados e o estômago meio que entranhado para dentro de si mesmo. Se antes sorria, agora sofria. Sofria porque, mais uma vez, sentia.

6 comentários:

  1. Flor aberta para a vida, sentir e confessar a coisa sentida. Gosto de quando tu liberta a imaginação de quem te lê. Tu sabe ser mais doce que doce de batata doce quando quer.
    É algo muito pessoal te ler, tu permite isso.
    Saudações!

    ResponderExcluir
  2. A vida é um cemitério de ontens em cuja floricultura à porta frequentemente gastamos fortunas.
    GK

    ResponderExcluir
  3. ah, não há como escapar, não é?

    sempre um prazer ler um pouco de ti <3
    até mais Lari

    xoxo

    ResponderExcluir
  4. Boa tarde Larissa..
    tudo que se apresenta a nós é para ser resolvido.. quanto mais se foge mais forte a coisa fica..
    quando perdermos o medo e enfrentarmos tudo de frente vamos dar um belo salto.. bjs e feliz dia

    ResponderExcluir
  5. Larissa. Eu realmente amo seu blog. ♥ E mais uma vez li algo que me descreveu, que descreveu um momento que vivi essa semana e que não fui capaz de colocar em palavras. Obrigado.

    ACESSO PERMITIDO. ♥
    www.acessopermitido.com

    ResponderExcluir
  6. Acabei de chegar aqui e já tenho a sensação que encontrei mais um blog para seguir e amar. Lindas suas palavras. É como se eu fosse a garota do texto, sempre reencontro sentimentos que acredito já ter enterrado.
    Beijos!

    lesobrinho.blogspot.com

    ResponderExcluir