A pergunta e a resposta

Os seus olhos contra os meus
Indagando o que é que há
(“O que é que há?”)
Os meus, por sua vez, desviam
Como que envergonhados pela falta de respostas
Como que intimidados pelo excesso de perguntas
na sua única pergunta:
"O que é que há?"

Ah...
Meus olhos não têm resposta
Mas, no que desviam,
respondem.

8 comentários:

  1. Aaawn meu deus. Isso simplesmente descreveu um dos meus melhores momentos que tive mês passado. Simplesmente isso, nada mais. ♥

    www.acessopermitido.com/

    ResponderExcluir
  2. Que texto maravilhoso!
    Acho que isso nunca aconteceu comigo,se me lembro bem,mas gostei muito mesmo!
    Beijos
    seessemundofossemeu.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Lindo!!!!!!!!!!!!!! salvei...

    www.eunomadiando.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. É belo o modo como tu escreves!

    Simples e maravilhoso, um dos meus favoritos. :)

    ResponderExcluir
  5. Achei tão bonito que te indiquei num projeto viu! só pra não ficar sem saber =) beijão http://eunomadiando.blogspot.com.br/2015/03/swl-sunday-with-love.html

    ResponderExcluir
  6. Oi Lari <3

    Esse jogo de momentos... Palavras breves e algumas entrelinhas.

    Ótimo texto, querida.
    Fiquei bem :**

    ResponderExcluir
  7. q texto lindo, você escreve muito bem!!!
    xoxo, www.baad-queen.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Boa tarde Lari..
    temos as respostas no nosso próprio silêncio..
    os olhares muitas vezes estão envoltos de perguntas e querem colher nos outros olhos respostas..
    nem sempre é possivel né..
    bjs Lari

    ResponderExcluir