O que permanece


Observo as estrelas se a noite permitir, mas se for dia... claro: o que prende minha atenção são as nuvens. Os formatos das nuvens. Por algum motivo, penso que eles me contam histórias ou que me apresentam sinais. Narram-me o passado ou denunciam-me o futuro. O que é que houve? O que haverá?

O passado me foge e o futuro me assombra. Ou vice-versa. No limite do meu agora, na insignificância da minha existência sobre o gigantesco céu que me cobre, mudo as perguntas: o que nós somos e o que estamos fazendo aqui?

Mas o formato das nuvens também muda, com um simples sopro do vento. Assim como sempre foi. Assim como é, como sempre será... Com as nuvens e com todo o resto. Porque tudo está em constante inconstância — apenas esta conclusão permanece a mesma.

10 comentários:

  1. "Tudo muda, tudo troca de lugar ..." assim dizia a letra da música de Nx zero. Estamos em constante inconstância como você disse, e essa é a única certeza que temos, já que não podemos prever o futuro ou mudar o passado. Bjs Lari ♥

    www.pumpcolor.com.br

    ResponderExcluir
  2. Lindo texto, Lari. Adoro essas reflexões sobre coisas tão simples que nos trazem indagações complexas, como "o que nós somos e o que estamos fazendo aqui?"
    Adorei de verdade.
    Beijão!

    http://penny-lane-blog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Uma vez eu li que "estamos vivendo em cima da Terra, uma bola gigante que flutua no vácuo, e ainda tem gente que procura sentido na vida", porque a verdade é que não tem sentido. A gente é que precisa criar o sentido, fazer algo que acreditarmos que vale a pena.
    Tudo está mudando, o tempo todo. Isso me assusta pra caramba. O passado me foge o futuro me assombra também. Medo. Mas eu sigo em frente assim mesmo, mentindo pra mim mesma que coragem não me falta.
    Por algum motivo, este texto me lembrou uma frase do Millôr Fernandes: "Eu sofro de mimfobia, eu tenho medo de mim mesmo, mas me enfrento todo dia."
    Texto maravilhoso, Lari. Meus parabéns. E adorei a música também.
    Beijos ♥

    ResponderExcluir
  4. E se não vemos estrelas e nuvens ... vemos o que a mente nos permite, tudo!

    The Neighbourhoods
    http://theneighbourhoods.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. ♥♥♥ Adoro observar o céu, é como olhar para uma pintura que está em todo o lugar, basta olhar para cima e lá está ela. Lindo texto :)

    ResponderExcluir
  6. Uma vez eu olhei por céu e juro que tinha uma nuvem no formato do simbolo do batman. E o engraçado é que eu sempre me perguntei como eles faziam pra chamar o cara de dia.

    ResponderExcluir
  7. Um texto bem pequeno, mas que suscita grandes reflexões. Somos tão insignificantes perante a vastidão do universo. Estamos, hoje, presos a nossa vizinhança. Talvez um dia, e eu espero que isso aconteça, sejamos capazes de rumarmos ao infinito do espaço para obtermos algumas, mesmo que poucas, respostas.


    -Distante do Sol-

    ResponderExcluir
  8. Constante inconstância rs Gostei disto. Eu paro vezes e vezes pra pensar sobre o ontem, hoje e amanhã, e tudo soa tão complicado, mas quando se observa de outro ângulo, a vida é tão simples, é estranho explicar isto. E essas nuvens sapecas, abrem tantos mares em nossa mente.

    Sdds daqui!
    xoxoxo
    <3

    ResponderExcluir
  9. Isso me lembra de quando eu era criança e gostava de observar as nuvens com os meus amigos, o engraçado era que cada um via uma coisa a princípio antes de mudar de opinião ao ouvir o que outra pessoa disse.
    Logo percebi que as perspectivas são diferentes, mas as pessoas tendem a se inclinar para a visão de mundo daqueles cuja opinião pensam ser mais valiosa que a própria, gozado não é?
    Anyway. Eu gosto dessa inconstância do ser humano, do mundo, torna tudo mais divertido.
    Lovely texto <3

    ResponderExcluir