As frustrações que vêm com a criação de um layout

Peço desculpas se você chegou até aqui na esperança de que este fosse um post útil, recheado de tutoriais e dicas envolvendo a criação de um layout. Não, eu não sou tão legal assim, mas creio que, se você procura por algo do tipo, é porque também já se aventurou neste mundo de HTML e códigos que mais parecem uma reza braba mal sucedida. Então que tal ler algumas das frustrações que nós, designers de improviso, encontramos ao tentar personalizar o blog de um jeito decente?

Obs: como eu disse, designers de improviso. Nem tente correr os olhos pelos parágrafos abaixo se você é um profissional da área ou simplesmente “manja dos HTML”. Sabe, para que eu não me sinta muito humilhada se você não se identificar com nada.


Quando as cores da paleta entram em guerra. Com tanta criatividade espalhada pelo mundo, eu não consigo acreditar muito naquela coisa de “essas cores não combinam”. Combinam sim, porque tudo combina muito bem dependendo do tema e da intenção que vem com ele (por exemplo, se a ideia é criar algo mais vintage, ou mais carnavalesco, ou mais clean... por aí vai). Só há uma exceção: as cores que você escolheu para a paleta do layout que está confeccionando. Ah, estas entrarão em guerra! É hilário, você pode ter escolhido exatamente os mesmos tons usados em um site que acha o máximo ou num ensaio fotográfico bacana, mas não adianta, no seu layout não vai rolar. Aí, se você não quer se estressar experimentando paletas até que uma finalmente dê certo, sobram duas opções... A primeira é usar e abusar dos degradês (tipo rosa escuro, rosa médio e rosa claro). A segunda, bem, é ficar com as cores de sempre. E pesquisas indicam que os leitores não aguentam mais os tons de marrom e rosa que sempre estão presentes no Jeito Único.

Quando a joça falha. As cores, minha cara ou meu caro, são o menor dos seus problemas. Foda mesmo é quando você tem a infeliz ideia de clicar no botão “modelo”, no painel de controle do Blogger, e por lá surge um lindo quadro recheado de coisas fofas assim: XYM8M9 55568##7*\ EEE MXMX## 5988#QUE77PORCARIA*99É225ESSA33 LÁLÁLÁLÁLÁ-LÁ. É ou não é? Certo, se você for um defensor radical da invenção de Tim Berners-Lee, vai bater o pé e teimar que não, porém terá que concordar comigo que HTML é uma joça complicada... Para começar, você não pode “brincar de fazer layout” em seu próprio blog devido ao risco de ferrar com ele todo. E, mesmo num seguro blog de testes, tem que estar fazendo, com certa frequência, o download do modelo completo e estar sempre visualizando o mesmo antes de salvá-lo. Isto é, se não quiser perder horas de trabalho nerd por uma falha que se traduz em: “Não foi possível carregar a visualização do modelo: Erro ao analisar [...]”. 

Quando você fica obcecado por seu novo projeto. Você pensa: “Troquei de layout não faz nem dois meses, mas sei lá, acho que vou fazer outro, sabe, só por diversão, nas horas livres, aos pouquinhos, assim eu não desleixo dos posts, afinal posso conciliar as duas coisas, sabe, tudo com paciência e maestria, e...”. O que você realmente faz? Fica obcecado por seu novo projeto. Está sempre arrumando um detalhe aqui e ali, e os posts, que deveriam ser a prioridade, é que passam a ocupar os intervalos — mesmo que nestes não dê para pensar em nada mais decente do que um belo pedido de desculpas para os seus leitores. Sabe qual é o problema? Enquanto você está criando um layout novo, descobre tantas manhas que acaba por acreditar que seu layout antigo é a coisa mais desajeitada e patética do mundo. “Oh, como eu deixava as imagens desalinhas desse jeito?”, “Oh, como eu pude exagerar tanto no tamanho da fonte do título?”. Aí, enfia na cabeça que precisa "trocar a roupa" do blog logo, afinal os leitores vão gostar tanto do seu senso artístico aprimorado que vão acabar se esquecendo dos 97 dias e 5 horas que você se manteve meio alheio ao blog — e do conteúdo sem sentido que postou nesse período, para disfarçar.

Quando não há cabeçalho que sirva. Em resumo, qualquer blogueiro sabe a chateação que é bolar um cabeçalho que possa ornar com todo o resto. Na dúvida, tasque só o título numa letra bonitinha, e diga que optou por um toque de classe e minimalismo para o que seria a cereja do bolo.

Quando seu trabalho finalmente fica pronto. “Qual é a frustração nisso, Lari?” Simples. Você já vai ter olhado tanto para o layout que estava fazendo que, quando ele finalmente ficar pronto, não vai mais aguentar ver esse troço na sua frente. Achei que fosse só comigo, mas, numa introdução do post da Ana, vi que não. A boa notícia é que, se você não estiver animado o suficiente para recomeçar outra vez, pode deixar o bolo esfriando no forno — com a cereja e tudo. Quer dizer, deixar o coitado do layout quarando lá no blog de testes. Dali à século e meio você o instala no blog original. Pausa para "Há-há-há, até parece que nosso orgulho de designers de improviso permite que o bom senso em fazer isso seja maior que a vontade de mostrar para o mundo o novo layout!".

Sim, eu passei por tudo isso na criação do layout atual... E você, já passou por algo semelhante?

18 comentários:

  1. HAHAHA, amei esse post! Acho que só não concordo com o último, não consigo ficar enjoado, mesmo se for feio. As vezes eu demoro um tempão fazendo um cabeçalho lindo, mas é muito pequeno ou enorme e eu tenho de refazer com uma nova ideia na cabeça. Triste.
    Eu fiquei obcecado pra terminar o layout do meu outro blog (o ET) e no fim ficou lindo, foi uma sensação de dever cumprido! E as cores, oh, as cores... T_T

    ED e ET

    ResponderExcluir
  2. Geralmente, passo um dia inteiro refazendo um layout. haha. É uma desgraça. Demora pacas. E não sou dessas que vai mudando uma coisinha aos poucos. Mas, deveria demorar menos já que só faço o básico: body, sidebar, comments, header...
    Agora sobre essa coisa com a paleta de cores, tem um app no Chrome que ajuda bastante. Sempre pego a partir das cores de uma imagem, daí combino. XD

    ResponderExcluir
  3. Cara, Fazer um layout é maravilhoso e horrível ao mesmo tempo haha
    muitas vezes eu não aguento e desisto, pois é, desisto de vez, cansa demais!!
    E quando você acha que fez mó cabeçalho divo e ai o brush tinha fundo branco e você num notou! Meu Deus, eu já chorei por causa disso... Passei umas duas horas me matando pra fazer um cabeçalho e o brush era com fundo branco O.o foi trágico kkkkkkk
    Beijos Lari ><
    http://lembranca-ao-vento.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Eu sendo citada n'um post da Lari. Que lindo, emocionei-me. -Parei.

    Oque mais acontece comigo é o tal "Não há cabeçalho que sirva". Sério. Eu passo a 'construção' do Layout inteiro temendo por essa hora. Nos dois últimos Layouts meus, por exemplo, só coloquei uma fonte e uma descrição legal... É um horror isso.

    Outra coisa, são as cores. Sério, sempre que tento sair da combinação de "Preto, cinza e bege'' dá errado. Vou tentar fazer um layout azul... Não dá. Nunca dá. Essas cores me perseguem. E oque acontece muito também é o que falha. Lá vai, um efeito lindo pra as imagens, você coloca toda animada... e quem disse que funciona ?
    Pior que isso, só quando se perde todo o Layout....

    Beijos ♥
    wakin-g.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Gente, leu minha mente.
    Eu sempre passo por isso, é um saco.
    Pior é quando você tem uma ideia e não sabe como fazer aquilo ou sabe mas esqueceu ou até mesmo faz mas não da certo. E quando o código não quer pegar de jeito nenhum? Ou quando você esquece algo "insignificante", pelo menos pra você, ai não quer salvar e você morre querendo descobrir o que é ai quando desiste percebe que é algo idiota? São tantas as frustrações que eu passo. Essas não são nem um terço, mas a que eu mais me irrito é que sempre quando acabo e vou colocar, já enjoei, ou seja, trocar de layout rápido.
    Também sempre tenho problemas pra montar o cabeçalho, não tenho criatividade nem familiaridade com o cs5.

    Adeus,
    Garoto Impulsivo.

    ResponderExcluir
  6. Eu nunca me meti com html justamente por isso. Por mais que meu layout não seja o layout dos sonhos, prefiro pegar um modelo pronto e só dar algumas arrumadinhas do que quebrar a cabeça com algo muito complicado. Gostei do seu post.
    www.simplesmenteluly.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Eu também passei, na parte do cabeçalho, eu praticamente fico louca e no final (você viu haha) acabo escolhendo apenas o nome com uma fonte agradável. E quando fico obcecada, acabo ficando furiosa com o resultado final e mandando tudo pro lixo... Por isso só mudo de vida em vida.
    Post muito bom, define muito as frustrações.
    Beijos ♥ Black Stars

    ResponderExcluir
  8. Hm... Sei bem como é Lari ç_ç passo por isso todas as vezes que monto o design do meu blog! Mas é realmente reconfortante quando aquele layout que deu tanto trabalho e dor de cabeça, fica pronto e exatamente do jeito que queríamos, ou até mesmo melhor :)

    milky way & perfect mutation ☆

    ResponderExcluir
  9. Ha eu nunca tive problemas com as cores, mas os outros são os piores! E ainda acho que você pegou leve, porque as vezes bate aquela preguiça bem na hora de terminar os detalhes, não sei se é só comigo mas acontece. D:
    Amei o post e o seu blog amore, parabéns.
    Beijo, Aline Al - Sweet Teen

    ResponderExcluir
  10. Concordo com tudo, principalmente com o último tópico, sofro tanto com isso que ultimamente tenho só deixado o layout branco mesmo, com a desculpa de que gosto de 'coisas minimalistas', o que não é verdade, mas por favor, não conte pra ninguém, hahahaha.

    ResponderExcluir
  11. Eu geralmente uso bastante degradê, acho que até demais. As cores já foram várias vezes o motivo de acabar desistindo do layout, mas ok. (E eu amo os tons de cores daqui! :3)
    Quando algo dá erro e eu simplesmente não encontro onde foi dá uma vontade de chorar desesperadamente! :( Perder todo o trabalho até então não é nada, nada legal.
    Ficar obcecado é uma coisa que sempre acontece comigo. Eu termino um layout e já planejo um outro pra fazer uma coisa por dia, sabe? Só que acaba que eu fico obcecada querendo ficar 24 horas investindo no layout, dormir, comer e editar mais um pouco... Quando vejo, já estou pensando a todo momento sobre o que falta e algumas vezes até sonho como se estivesse com o notebook arrumando o layout (aconteceu isso mesmo, sério!)
    Cabeçalho não servir é coisa de sempre. Todas as vezes penso em deixar sem, já que não me surge nem uma ideia que preste, mas aí quando já vou aplicar, penso em alguma coisa ou me inspiro em alguma imagem do Tumblr (graças a Deus! \õ/)
    Quando enjoo, na verdade, prefiro nem aplicá-lo, e começo outro! kkk
    Passo por tudo isso e o pior é que quando vou criar um novo lay, nunca acontece de eu usar minha primeira ideia, sabe? Desisto, recomeço, desisto, recomeço até chegar ao final que vai pro blog.
    Mas no fundo, no fundo, eu gosto de editar HTML. É trabalhoso, exaustivo, mas ver tudo arrumadinho no final, do jeito que eu queria, vale a pena! :3
    Bjo, Sel ;* | Jovens Gordinhas ♥

    ResponderExcluir
  12. Simpsons! u.u
    kkkk' infelizmente essa é a mais pura verdade! Gostei do seu post (amo posts com que eu me identifico u.u) e sei bem como é se sentir assim, layout exige certa parte de nosso tempo e também, muuuita paciência! (algo que geralmente não tenho kk trágico!)

    uma-quase-perfeita.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Realmente isso acontece bastante. O que mais acontece comigo é quando as cores não combinam e o nenhum cabeçalho dá certo... Imagine numa menina que fica com raiva! Eu mesma. Então... amei aqui e já estou seguindo, voltei com o meu blog agora e seria ótimo seu comentário lá.
    Beijos
    http://coffein-paris.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Segui não, curti a página, não achei onde seguir!
    http://coffein-paris.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Eu sou uma merda em HTML, e sempre passo por isso fazendo um bendito layout T--T Principalmente essa de, quando você finalmente termina de arrumar aquele código de HTML, vai visualizar e a merda da visualização não carrega T^T
    As vezes eu gasto mais de semanas pra terminar um layout, e ele nem sai lá essas coisas ç_ç
    Me identifiquei com tudo >-<
    Kiss ~
    sibeleekpop.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Gostei do assunto, e o engraçado é que depois que terminamos, não ficamos satisfeito, sempre falta uma coisinha e sempre estamos mudando, é uma loucura hahaha!

    http://dallyse.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Esse poste resume grande parte das minhas frustrações de 6 em 6 messes (porque sou preguiçosa e demoro, em média, tudo isso para trocar o lay).
    As cores nunca me frustraram tanto quanto o meu maior desafio: acertar as proporções.
    Eu tenho que ficar mexendo, ajustando, opa, deu errado de novo. Isso sim me estressa.
    Ótemo post.

    ResponderExcluir
  18. Imagine minha reação ao ler isso logo depois de ter terminado um layout e tê-lo estreado... Foi tipo: "Nossa! Me dói só de relembrar."
    O pior é que dessa vez eu tive que soar mais que das outras vezes, porque uma parte da tela do computador tá com prolemas e metade do teclado tá sem funcionar (o que me obrigou a usar o teclado virtual, que por sinal ocupa parte da tela).
    Foi sofrido mas consegui!

    ResponderExcluir