Minha casa de um futuro não tão distante (primeira parte)

Amo que amo decoração. Mesmo. Principalmente aquela do tipo “bagunça organizada”, que consiste em juntar, num único espaço, de forma criativa e fujona às regras, uma mistura de estilos que possam condizer com nossa própria personalidade. O adorável cubículo que eu chamo de quarto — e que, incrivelmente, eu não trocaria tão fácil por outro canto espaçoso qualquer — segue essa linha, mas, além das paredes dele, eu fico imaginando que legal mesmo é decorar uma casa inteira assim. Depois dos dezoito, se a grana ajudar... quem sabe. Por enquanto, vou colecionando referências em posts e brincando com a aparência da minha casa de um futuro não tão distante.

Imagem indisponível atualmente, mas que pode ser visualizada aqui.

Tenho que confessar que, apesar da ideia genial do Gabriel Gariba de ter criado o projeto Músicas que Enfeitam Paredes (espécies de "quadros musicais", como o da foto, que divulgam suas canções), o que me chamou a atenção aqui mesmo foi a composição da sala: um papel de parede alegre em harmonia com a mobília e uma atmosfera com um toque todo retrô.

Imagem indisponível atualmente, mas que pode ser visualizada aqui.

E falando em toque retrô... O modelo da TV é parecido com o que aparece na imagem anterior, e parecido com um que eu costumava ter em casa — hmm, casa real, não na minha casa de um futuro não tão distante  (e a informação "Avá!" do dia está dada) —, até a Copa de 2006, quando chegamos à conclusão de que uma tela plana e boas polegadas a mais fariam toda a diferença. Realmente, fez uma grande diferença ver o Brasil perder para a França em boa definição. O fato é que sei-lá-o-quê foi feito da TV na época, e eu não me importava porque ainda não tinha essa fissura toda que cultivo atualmente por objetos vintage e velharias em geral. 

Um parágrafo de enrolação e a mensagem era, apenas: incrível essa "prateleira" de livros, não?

Imagens indisponíveis atualmente, mas que podem ser visualizadas aqui.

Questão de perspectiva: sacaram o grande lance dessas estantes? O lance é que James Hopkins é foda e as organizou de acordo com uma de suas obsessões: caveiras. Apesar de eu ter super curtido as tais "estantes encaveiradas", não sei bem se gostaria de ter uma dessas na minha sala... Afinal, sou estabanada e provavelmente deixaria o crânio desdentado ou caolho na primeira tirada de pó!

De pouquinho em pouquinho, a casa vai sendo decorada... E fica prometida a parte II, "môres" 

16 comentários:

  1. Muito cute, adoro esse visu puxado pro vintage!!
    super beijo e já seguindo

    Mania de Bruna
    @ManiaDeBruna

    ResponderExcluir
  2. WOL sua casa vai ficar perfeita.
    Além do gosto musical, nos temos esse gosto por "retrô" parecidos. Deve ser por isso que gosto tanto do blog ! ueahueh

    Beijos ♡ Uma outra estação

    ResponderExcluir
  3. LOL, "amei que amei" muito essas decorações, principalmente as "estantes encaveiradas", mas também não sei se usaria'. Rsrsrs...

    Beijos, INconvencional!

    ResponderExcluir
  4. Ótimas inspirações! Em especial, amei essa TV antiga e vintage com as livros dentro, aaai c eu achasse uma dessas sobrando por aí!
    Anne
    butanneway.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Eu não ligo muita pra decoração, mas a TV como depósito de livros ficou muito bacana, seria legal ter tido essa ideia quando ainda tinha uma TV assim...

    >> blog-espelhodigital.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Acho que quando tiver minha própria casa (e dinheiro) vou fazer a decoração toda vintage e fofa, sabe? Papéis de parede floral, coisinhas cor-de-rosa e tons pastéis... Vai ser muito lindo! \õ/
    Bjo, Sel ;*

    Jovens Gordinhas

    ResponderExcluir
  7. Muito bem, gostei da criatividade, mas custei a enxergar a caveira, acredita?
    [Um beijo e um queijo] :)

    ResponderExcluir
  8. nossa adorei, seu blog é mt lindo,do jeito q gosto awn
    beijos, seguindo,retribui??

    http://pedacosdelembrancas.blogspot.com.br/2013/10/ate-te-encontrar.html

    ResponderExcluir
  9. Tenho tanta, mas tanta vontade de decorar uma casa inteirinha. Sabe, sem me preocupar se vai sujar o chão, se aquele enfeite vai quebrar ou se o papel de parede pode não durar tanto quanto dizem. Embora queira fazer isso e mais um milhão de coisas, meu sonho não é morar sozinha. Mas o problema esta aí, já que a faculdade que eu quero fazer fica em outra cidade... Dizem que com o tempo a gente se acostuma com a ideia, e eu ainda tenho seis anos antes do vestibular. Posso mudar de ideia até la, né? Adorei o post! Beijos, Light As The Breeze

    ResponderExcluir
  10. Também sou muito fissurada em decoração e amo o estilo vintage.. Ah! Quando eu ter uma casa ela vai ser a minha cara (feia?), tá, a minha personalidade hahahah'

    ResponderExcluir
  11. awn, depois que vi aquela tv com livros dentro não consegui enxergar mais nada. Esperando pra ver o que tem pra parte II, a cama? guarda roupa? hahaha tentando imaginar...

    Ananda Maciel.

    ResponderExcluir
  12. Estava falando ontem com a minha irmã sobre como queria logo ter um cantinho só meu pra decorar etc. Deve ser muito legal você ter uma casa inteira pra deixar com a sua cara e tal.

    ResponderExcluir
  13. Decoração é tudo, né? Primeiro porque deixa tudo com a cara de quem fica naquele espaço e segundo porque quem está lá se sente muito melhor se o espaço tem o seu jeitinho. Decoração é sempre um bom tema. Adorei.
    Beijo!
    Mariana Nascimento
    sendopeculiar

    ResponderExcluir
  14. Adorei, Lari! Também adoro decoração, um toque especial que faz de qualquer lugar, nosso♥ Amei a prateleira/televisão, um dia ainda terei uma dessas, hahá.
    Super apoio uma segunda, terceira e décima parte c;
    Beijos!
    http://menina-do-sol.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Achei muuuito legal essa Musicas que Enfeitam Paredes, bem criativo. E também tenho essa fissura por coisas antigas, acho muito legal
    Beijos ♡
    Sim Senhorita (Clique aqui ou no perfil)
    @SiimSenhorita

    ResponderExcluir