Um horizonte inimaginável de possibilidades

Foi através do Depois dos Quinze que eu soube que hoje é dia do blog, e de lá também veio o desafio de escrever sobre uma das minhas paixões. Quer dizer, eu não vou participar do desafio original (que pede que a tal paixão sobre a qual vamos falar seja algo que não tenha muito a ver com os assuntos habituais que postamos), pois resolvi ser diferente sendo clichê ("What?") e falar sobre... o blog! 

Qual é, foi ele que permitiu que eu pudesse estar compartilhando as minhas abobrinhas rotineiras com o que eu chamo de “os melhores leitores do mundo”. E olha, devo dizer que, naquele 13 de janeiro de 2012, quando o Jeito Único despontou na blogosfera, é como se um horizonte inimaginável de possibilidades tivesse surgido junto com ele. Eu pude...


 ser eu mesma sem aquela de “E o que vão pensar se...
 dar a meus textos um lugar mais bonito e aconchegante do que simples rascunhos
 encontrar gente que pensa da mesma forma que eu e me sentir menos estranha
 encontrar gente que pensa de forma diferente de mim e expandir meus pontos de vista
 aprimorar alguns talentos que antes eu achava que fossem meras brincadeiras
 fazer amizades com os leitores de modo a parecermos amigos de longa data
 ter o que fazer nas tardes de tédio
 desabafar quando qualquer conselho pronto não é o suficiente
 acreditar que mesmo os sonhos mais loucos podem se tornar realidade
 manter um ciclo onde novas ideias são constantemente transmitidas e adquiridas
 moldar minha personalidade a cada dia com mais ênfase
 sentir um sorriso se formando no meu rosto sempre que alguém elogia meus posts
 ser uma pessoa mais compromissada com meus próprios afazeres
 descobrir que tem quem se identifique com este meu mundinho nada particular


Os itens da lista não param por aí, mas eu tenho que ir parando por aqui. Um beijo, "môres"!

7 comentários:

  1. O post ficou perfeito, Lari! Concordo com tudo que tem na sua listinha até mesmo porque, antes de eu ter criado o blog eu não tinha nem mera noção do que estava fazendo. Tudo bem que estava criando um blog, mas não tinha uma opinião formada sobre o assunto, sabe? Acho que ninguém tinha... Enfim, amei! E feliz dia do blog, haha. Beijos, Light As The Breeze

    ResponderExcluir
  2. Uau. Post perfeito. Me identifiquei. Assim, também aconteceu com o Acesso Permitido, simplesmente um horizonte de possibilidade. Eu cresci junto com meu blog, ele era infantil e agora está mais maduro, como eu. <3

    ACESSO PERMITIDO.
    http://acessopermitidoblog.blogspot.com.br/
    Siga o Acesso Permitido no twitter --> @nerdisbetter

    ResponderExcluir
  3. Olha eu aqui! Bom, se você quiser me chamar de sem coração e quiser arrancar a minha cabeça, vá em frente... já me disseram isso! Mas se serve de alguma coisa, lia suas postagens todo dia pelo celular, mas não conseguia comentar. Antes de mais nada, tenho as explicações da ausência na postagem que eu estou QUASE postando. Eu sei que você sentiu a minha falta amorzão, também senti muita falta de ver seus coments e comentar aqui! E agora depois de tanta enrolação vamos falar sobre o que importa né, fico muito feliz de saber que nós leitoras somos tão importantes pra você, e é realmente incrível como um espacinho nosso na NET deixa agente tão, tão feliz não é? E eu li sua web série e eu tive um ataque! Ela é maravilhosa, perfeita. E eu tinha me animado com a ideia de você falar de uma de suas paixões dona Larissa! Beijinho.

    Foreverteens2.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Ah, que super saudades daqui!
    Estou muito muito feliz pelo dia 13 de Janeiro de 2012 ter acontecido do jeito único que aconteceu, haha. E estou muito feliz por estar de volta, por compartilhar novamente das tuas palavras maravilhosas e poder me identificar com cada cantinho daqui c=

    Não tinha ideia que hoje é dia do blog. Existe dia melhor para ressurgir na Blogosfera? ♥
    Espero não desaparecer tão cedo.
    Mil beijos, Lari.
    http://menina-do-sol.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Ah, que legal, Lari! :3 Acho que todo mundo (ou pelo menos eu e você) nos sentimos assim. Acho que apesar das bobagens que alguns falam sobre blogueiros, coisas do tipo "que não fazem nada", todos os que tem ou já tiveram um blog mudam o modo de pensar, e se transformam em uma pessoa melhor. Ter um lugar pra desabafar, e alguém ouvir e opinar, é mágico!
    Feliz dia do blog pra gente!
    Bjo, Sel ;*

    Jovens Gordinhas
    Unicórnio com Bigode

    ResponderExcluir
  6. Nossa, eu adorei o teu texto. O meu blog é onde me sinto real, sabe? e bem sOU nova aqui, mas a cada elogio, no meu rosto se forma um sorriso espontaneo e eu fico toda boba, hehehe. O meu texto eu fiz sobre minhas paixões infantis aqui: http://apartirdos23.blogspot.com.br/2013/08/paixoes-que-nos-movem.html Porém, tem outro lá que fiz dedicado ao dia do blog, caso gostar... ^-^ Oh me identifiquei com a sua listinha *-* Meu Twitter: @LuaRamona Bjuu "é como se um horizonte inimaginável de possibilidades tivesse surgido junto com ele"

    ResponderExcluir
  7. Adorei o post, super legal.
    Muitos dos itens que citou também estariam presentes na minha. Ter um blog é uma das melhores coisas da minha vida.

    Beijos,
    posrealidade.blogspot.com.br

    ResponderExcluir