Gravidade celeste

Tão bom inclinar o pescoço para trás,
olhar bem para cima
e me inebriar de céu,
sentir-me cada vez mais tonta com minha própria pequenice,
perder noção de tempo, de espaço, perder sentidos,
cair para cima,
me afogar de céu.